7 Livros infantis sobre racismo para ler com as crianças

Descubra como a literatura infantil pode estimular a educação antirracista e confira uma lista de livros infantis sobre racismo para ler em família.
Família preta lendo com a filha

Que a literatura infantil é fundamental para o desenvolvimento das crianças, não é nenhum segredo. Afinal, é por meio das narrativas lúdicas que os pequenos e pequenas conhecem o mundo, aprendem coisas novas e são estimulados a imaginar, criar e descobrir.

Como utilizar a magia dos livros infantis para promover a educação antirracista e contrubuir para a formação de crianças livres de preconceitos raciais?

O racismo está presente em toda a estrutura da sociedade, que tenta a todo instante deixar a luta, a identidade e o legado das pessoas pretas de fora da cultura, da arte, da educação e de tantos outros ambientes. Por isso, é importante ensinar aos pequenos desde cedo sobre o que é o racismo e como combatê-lo. 

Seja nos programas de ensino escolar da educação antirracista ou nos momentos de leitura em família, os professores e os familiares devem dar preferência para as obras da literatura infantil que resgatam a história e valorizam a cultura do povo preto. Dessa forma, os pequenos e pequenas terão a oportunidade de conhecer, aprender, respeitar e lutar junto com as crianças pretas por um mundo melhor e mais empático para todos.

7 Livros infantis sobre racismo para conhecer e ler em família

É por meio da literatura infantil que as crianças constroem seu imaginário e expandem seu repertório cultural. Por essa razão, os livros infantis sobre racismo são fundamentais para estimular a educação antirracista tanto na escola quanto em casa. 

Além disso, é preciso lembrar que famílias não pretas são fundamentais nesse processo, pois quanto mais crianças brancas forem educadas à respeito da importância de combater o racismo, mais a luta antirracista alcançará novos lugares de fala, promovendo mudança e progresso.

Confira a seguir uma lista com 7 livros infantis para falar sobre racismo com as crianças.

As Cores do Mundo – Rafael Calça

Livro personalizado "As Cores do Mundo"

De onde vieram as cores do mundo que deixam tudo mais colorido? Nesse livro, que pode ser personalizado com o nome e o personagem da criança, o premiado autor Rafael Calça leva os pequenos em um divertido passeio para aprender sobre empatia, respeito e a capacidade que cada um tem de mudar o mundo.

Com uma narrativa lúdica o escritor e vencedor do Prêmio Jabuti, mostra para as crianças que cada cor existente no mundo carrega uma história, uma cultura, um jeito de pensar, vestir e falar que deve ser respeitado e valorizado. 

Além disso, a história também explica que as pessoas têm muito mais em comum do que imaginam e que pequenas atitudes podem deixar o dia de alguém mais colorido e iluminado. De forma leve, o autor estimula as crianças a serem a diferença que o mundo tanto precisa.

Sulwe – Lupita Nyong’o

Livro infantil "Sulwe"

Escrito pela atriz e vencedora do Oscar, Lupita Nyong’o, o livro conta a história de Sulwe, uma garotinha preta que desejava brilhar como o sol.

De forma muito sensível, a autora descreve o racismo infantil e o sentimento que tomava conta do coração de Sulwe: ela não se parecia com ninguém de sua família e na escola os colegas de classe a apelidavam por conta de sua cor. A dor da garotinha era tanta que de diversas formas ela tentou clarear sua pele.

Somente depois de ouvir de sua mãe uma poderosa história sobre se orgulhar de si mesma é que Sulwe entende a força e potência do significado de seu nome que quer dizer “estrela”. Dessa forma, a menina aprende que a luz que tanto buscava já estava dentro dela para ajudá-la a enfrentar o que viesse e, caso ela tivesse alguma dúvida, bastava olhar para o céu durante a noite.

Leia também: 7 Frases positivas para estimular as crianças

Sinto o que Sinto – Lázaro Ramos

Livro infantil "Sinto o que sinto"

Dentre os livros infantis sobre racismo, está a obra lançada pelo ator e escritor Lázaro Ramos em parceria com o Mundo Bita. O livro Sinto o que Sinto conta a história dos aprendizados de Dan após um dia complicado.

Ao vivenciar diversas emoções de uma única vez, Dan chega em casa bastante confuso. É então que a avó do garoto explica para ele o quanto o mundo interior que mora dentro da gente é cheio de mistérios, contradições e desafios.

Para ilustrar sua explicação ao neto, a avó de Dan conta a ele sobre a história de seus antepassados africanos Asta e Jaser. Dessa forma, o garoto aprende sobre ancestralidade, cultura afrobrasileira, diversidade e se conecta com vínculos familiares profundos. Todos esses elementos oferecem aos pequenos leitores a oportunidade de expandir seu repertório de forma divertida para aprender sobre a cultura das pessoas pretas.

O mundo no black power de Tayó – Kiusam de Oliveira

Livro infantil "O mundo no black power de Tayó"

Escrito por Kiusam de Oliveira, o livro conta a história de Tayó: uma menina preta de seis anos de idade que é cheia de orgulho de seu cabelo crespo e black power.

A partir da educação positiva recebida em casa, a garotinha enfrenta piadas e apelidos na escola com muita autoconfiança e autoestima, dizendo aos colegas frases como “vocês estão com dor de cotovelo porque não podem carregar o mundo nos cabelos.”

A narrativa de Kiusam de Oliveira recebeu o Prêmio ProAC Cultura Negra em 2012 e foi uma das obras selecionadas para o Acervo Básico da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) em 2014 na categoria Criança.

Jeremias Alma – Rafael Calça 

Graphic novel "Jeremias Alma"

No segundo volume da Graphic Novel do personagem Jeremias, o autor e roteirista Rafael Calça aborda os questionamentos do garoto em relação à origem e contribuição do povo preto na história brasileira.

Tudo começa quando Franjinha vai viajar para a Itália, que é a terra natal de seu tataravô. A partir disso, Jeremias começa a se questionar sobre a história de seus antepassados e o que eles teriam feito de importante. De forma única, Rafael Calça coloca em evidência dúvidas que fazem parte do cotidiano de muitas crianças e pessoas pretas: como se reconhecer e se sentir parte do mundo se a história do seu povo é constantemente apagada?

As questões levantadas por Jeremias são um prato cheio para mostrar aos pequenos a importância de valorizar a história, a cultura e a ancestralidade do povo preto, levando-os a compreender que somente atitudes coletivas poderão mudar esse cenário atualmente tão desigual.

Leia também: Como criar meninas e meninos para a igualdade?

Tudo bem ser diferente – Todd Parr

Livro infantil "Tudo bem ser diferente"

Todas as pessoas são diferentes umas das outras e está tudo bem, afinal seja alta, baixa, magra, gorda, preta ou branca todo mundo tem uma porção de qualidades e pode ensinar uma série de coisas novas. 

O livro escrito por Todd Parr vai além das características físicas e apresenta para as crianças que está tudo bem também ser tímido ou falante, ter uma família diferente, ter um amigo invisível e mais uma série de coisas.

De forma leve e muito divertida, o livro proporciona um aprendizado duplo para as crianças, pois elas aprendem a se aceitar como são entendendo que não precisam se encaixar em determinado padrão, e também descobrem a importância de respeitar as pessoas que são diferentes.

Mandela, o africano de todas as cores – Alain Serres

Livro infantil "Mandela, o africano de todas as cores"

A luta de Nelson Mandela pela paz e igualdade o tornaram um ícone de coragem e esperança para muitas pessoas ao redor do mundo. A história do primeiro presidente preto da África do Sul é bastante conhecida pelos adultos, que tal apresentá-la também aos pequenos?

Em sua obra o escritor Alain Serres apresenta a história de Mandela de forma lúdica para que as crianças possam conhecê-lo, além de compreender a importância de sua luta pelos direitos das pessoas pretas.

O livro conta ainda com diversas ilustrações e uma seção especial com materiais de pesquisa, mapas da África do Sul e uma linha do tempo da história de Mandela, tudo para que os pequenos possam compreender melhor sua trajetória.

Gostou de conhecer esses livros infantis sobre racismo para ler com as crianças? Conte nos comentários quais foram os seus preferidos.

Leia mais: 14 livros infantis com protagonistas pretos

Total
3
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts