Como combater a ansiedade nas crianças?

Entenda os sintomas da ansiedade infantil e conheça dicas práticas para lidar com esse sentimento que atinge as crianças.

A sensação de agitação e medo diante de alguma situação que ainda não aconteceu tem feito parte da vida de muitos adultos. Mas o que fazer quando a ansiedade começa a se manifestar também nas crianças?

Assim como qualquer outra emoção, a ansiedade também se apresenta nos pequenos em níveis comuns, como a expectativa pela chegada do aniversário ou algum passeio em família, por exemplo.

Além disso, é preciso compreender que as mudanças e avanços tecnológicos ao redor do mundo têm levado a geração Alpha a nascer naturalmente mais apressada e com menor paciência. Esses fatores, somados ao período sem aulas e longe dos amiguinhos, podem desencadear novas emoções, como a ansiedade infantil.

Sintomas da ansiedade nas crianças

Diferente dos adultos, as crianças muitas vezes não conseguem expressar verbalmente suas emoções, mas demonstram variados indícios de que estão ansiosas. Por isso, é importante que os pais ou responsáveis estejam atentos às mudanças de comportamento. 

Os sintomas listados abaixo são os mais comuns quando o assunto é ansiedade infantil. Confira:

  • Dificuldade para dormir, além de levantar várias vezes durante à noite
  • Pesadelos constantes
  • Irritabilidade e agressividade
  • Choro em excesso
  • Preocupação excessiva com alguma atividade da rotina, como assistir aula
  • Dificuldade para se concentrar
  • Regressão a hábitos já vividos, como fazer xixi na roupa ou voltar a chupar dedo
  • Mudanças no apetite para mais ou para menos
  • Declínio na produtividade escolar

Como lidar com a ansiedade em crianças

Sabendo quais são os principais indicadores de ansiedade nas crianças, é essencial que os pais e responsáveis não negligenciem esses sintomas, buscando explorar o que pode estar por trás da ansiedade nos pequenos.

Para isso, é interessante mapear todos os hábitos individuais da criança e também a rotina familiar. É importante considerar ainda como estão as emoções dos adultos que fazem parte do círculo de convivência dos pequenos, pois é possível que essa carga emocional tenha alguma relação com a ansiedade infantil.

Além disso, algumas atitudes práticas dos pais e cuidadores podem ajudar a reduzir os níveis de ansiedade nas crianças. Veja quais são elas.

Dicas para combater a ansiedade infantil

Conversar diariamente com as crianças falando sobre o dia a dia é algo simples e muito eficaz. Por meio do diálogo elas são estimuladas a desenvolver a fala, habilidades comunicativas e também a escuta ativa. 

Além desses fatores, a conversa com os pequenos também mostra a eles o convívio familiar como um ambiente seguro, onde podem compartilhar momentos bons e ruins. Uma forma de começar a conversa em família é por meio do tempo de qualidade juntos.

2 – Nomeie os sentimentos

Com o diálogo aberto, as crianças se sentirão mais confortáveis em dizer como se sentem. Nessa etapa, é importante explicar de forma simples quais os nomes dos sentimentos que provocam as sensações descritas por elas. 

Sabendo quais são os nomes de seus sentimentos, as crianças conseguirão desenvolver a capacidade de associar às sensações os nomes correspondentes, facilitando a exposição de suas emoções.

Veja também: Como a inteligência socioemocional ajuda na criação dos filhos

3 – Utilize recursos lúdicos

Uma forma de combater a ansiedade nas crianças é fazendo o uso de recursos lúdicos e divertidos para explicar os diferentes tipos de sensações. Nesse sentido, a família pode utilizar livros personalizados e jogos para ajudar na fixação dos nomes dos sentimentos.

O livro personalizado “Conhecendo o Monstrinho da Ansiedade”, disponível no site da Dentro da História, aborda esse sentimento de forma lúdica e educativa. As atividades sobre os sentimentos são grátis para download e também auxiliam no desenvolvimento das  competências socioemocionais de forma divertida.

4 – Pratique atividades relaxantes

Inserir regularmente na rotina momentos que levam a criança a desacelerar e entrar em estado de serenidade, ajudam na prevenção da ansiedade infantil. Dê preferência às atividades que coloquem os pequenos em contato com a natureza, como um passeio ao ar livre ou a prática da jardinagem.

A yoga e a meditação também ajudam as crianças a lidar com a ansiedade, conforme afirmam especialistas nessa pesquisa feita na Universidade de Washington (EUA). 

Livro personalizado “Uma Viagem pela Natureza Interior”

O livro personalizado Uma Viagem pela Natureza Interior, lançado pela Dentro da História, ensina práticas de meditação, relaxamento e Yoga para crianças. Além de estimular o contato com a natureza e a autonomia corporal, contribuindo para o desenvolvimento emocional.

Clique aqui para criar o livro personalizado e conhecer a história completa!

5 – Converse com especialistas

Em alguns casos, a ansiedade pode se apresentar de formas mais severas nas crianças, tornando necessária a ida ao médico e locais especializados.

Os pediatras, psicólogos e pedagogos são os especialistas que podem ajudar na identificação da ansiedade infantil e apresentar as melhores soluções para cada caso, levando em consideração as particularidades de cada família.

Total
1
Shares
2 comentários
    1. Oie, Adriana!

      Ficamos muito felizes em saber que deseja acompanhar as novidades do nosso blog 😀
      Já cadastramos seu e-mail para receber nossos conteúdos e dicas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens Relacionadas