6 coisas que as crianças aprendem com o futebol

5 min. leitura

meninos correm com camisa oficial da seleção brasileira de futebol e bandeira do brasil
Ouça o post
Voiced by Amazon Polly

Para muitas famílias brasileiras, o futebol faz parte de seu dia a dia. Pais que transmitem a paixão pelo time aos filhos, avós que levam os netos ao estádio, tios que dão um uniforme de presente para os sobrinhos…

Além de toda essa diversão e conexão que o esporte traz, as crianças também aprendem com ele muito mais do que as regras do jogo, seja torcendo pelo time ou praticando o futebol no seu dia a dia.

O que as crianças aprendem com o futebol?

Assim como outros esportes de equipe, o futebol oferece aprendizados importantes para a criança se desenvolver dentro e fora de campo. Veja abaixo os principais valores e habilidades que o seu pequeno pode aprender através do esporte mais querido do Brasil:

time de crianças vence campeonato de futebol
Foto: Shutterstock

1. Trabalho em equipe e cooperação

As crianças aprendem com o futebol que trabalhar junto com os colegas resulta no melhor resultado para todos. Não adianta querer jogar sozinho, nem ser “fominha” – o grupo mais unido e equilibrado vai levar a maior vantagem. Os colegas de time ficam felizes uns pelos outros, pois os sucessos dos membros beneficiarão a equipe como um todo.

Acompanhando os jogos do time do coração ou da seleção brasileira na Copa do Mundo, as crianças vêem que ganhando ou perdendo, o time faz isso como uma equipe. Ninguém leva o crédito sozinho ou assume a culpa toda se o time falhar. É importante mostrar aos pequenos que apesar de os times terem seus ídolos, todos os jogadores e até a equipe técnica são importantes para o sucesso nas partidas.

Esse aprendizado é essencial para a vida, já que fora do esporte também somos parte de  muitas equipes, desde a família até grupos de amigos e colegas de trabalho. Essas relações dependem de colaboração, assim como no futebol o jogador trabalha junto com seus companheiros de equipe.

meninos jogando futebol perdem o jogo
Foto: Shutterstock

2. Saber perder

Não importa se o melhor jogador do time é o seu pequeno ou o Neymar: um dia, o time vai perder um jogo. Se até os adultos têm dificuldade para lidar com frustrações e derrotas, a falta de maturidade emocional das crianças torna ainda mais difícil acreditar na famosa frase: “O importante é competir”.

A verdade é que lidar com o fracasso é uma habilidade que se adquire com a experiência, e por isso esportes como o futebol podem ajudar nesse processo. Não adianta fazer birra, chorar, muito menos desistir. Uma perda no futebol pode energizar a equipe, fazendo com que o time faça exercícios extras para trabalhar no que precisa ser melhorado, como dribles, passes ou defesas.

É importante mostrar para o pequeno que até times campeões perdem, e que isso não quer dizer que os jogadores não são bons. Talvez eles não estivessem bem naquele momento, mas na próxima vez sempre pode ser diferente. As crianças aprendem com o futebol a pensar no que causou a derrota, e que é importante trabalhar para dar o melhor no futuro. Esse aprendizado se aplica muito além do esporte, tanto na vida pessoal como profissional.

menina jogando futebol chuta gol
Foto: Shutterstock

3. Confiança e autoestima

Os esportes coletivos ajudam a desenvolver autoconfiança, assim como trabalhar a autoestima.

Um estudo realizado nos Estados Unidos investigou os motivos de meninas demonstrarem queda na autoestima a partir do 5º ano escolar, e mostrou que aquelas que praticam esportes relatam níveis mais altos de confiança.

Tanto meninos como meninas que se envolvem em jogos coletivos tendem a fazer amizades baseadas no apoio e na colaboração, e isso ajuda significativamente a criança a ter uma imagem melhor de si mesma e confiar em suas habilidades. Como todos os jogadores em uma equipe desempenham um papel importante, cada membro se sente valorizado e apreciado.

Além disso, ser parte de uma equipe também pode ajudar a criança a superar a timidez. É menos provável que os pequenos se sintam isolados, pois têm um grupo de amigos que trabalham juntos com um objetivo comum.

Leia também: Os benefícios da dança para as crianças

crianças meninas treinando futebol
Foto: Shutterstock

4. Persistência e treino

A prática de esportes como o futebol mostra que sempre podemos dar o nosso melhor, e que muitas vezes isso depende de bastante esforço. O pequeno ou a pequena pode ver que seus ídolos trabalharam muito para chegar aos grandes times ou à seleção, e que continuam treinando constantemente para sempre melhorar.

A competição saudável estimula a persistência, porque atletas não contam apenas com seu talento, e sim com muito suor. As crianças aprendem com o futebol que a dedicação traz resultados, e que atingir objetivos através de seu próprio esforço é muito recompensador.

crianças de times adversários de futebol se cumprimentam
Foto: Shutterstock

5. Respeito por todos

Por ser um esporte coletivo, as crianças aprendem com o futebol a importância do respeito pelos colegas, pelos professores, treinadores, árbitros e, claro, pela equipe adversária.

Na torcida, também é importante ensinar aos pequenos sobre o respeito dentro e fora de campo, desde cedo. Tudo bem torcer pelo seu time, porém isso não significa que é permitido insultar os adversários. As brincadeiras entre torcidas fazem parte da festa do futebol, mas a criança tem capacidade de aprender a diferenciar a competição saudável daquilo que é ofensivo. É só incentivá-la a pensar: “Como você se sentiria se estivesse no lugar do outro?”.

O respeito está diretamente ligado ao trabalho em equipe, à capacidade de lidar bem com derrotas e também à confiança em si mesmo. A prática do esporte, quando ocorre em um contexto de competição saudável, é uma oportunidade para a criança desenvolver todos esses aspectos de forma positiva.

Leita também: 5 curiosidades sobre o livro personalizado do Flamengo

Receba dicas e novidades por email:

Como encorajar a competição saudável?

Muitos pais e mães ficam apreensivos sobre o que é melhor: incentivar ou não a competitividade nas crianças. A verdade é que a competição pode ser muito positiva se acontecer em uma atmosfera que promova aprendizados construtivos ao invés de apenas pressão pelo sucesso e frustração pelos fracassos.

Quando as crianças estão vivendo situações competitivas de formas não saudáveis, elas dão alguns sinais, como mostrar resistência à atividade, evitar e até fingir que está doente para não participar dos jogos ou competições. Além disso, ambientes extremamente competitivos podem causar sinais de depressão, ansiedade, dificuldade para dormir e perda de apetite. É claro que é normal que os pequenos fiquem ansiosos antes de participarem de alguma partida, mas isso não pode ser constante e nem atrapalhar o seu dia a dia.

Algumas demonstrações de que a criança está participando de competições de forma saudável acontecem quando ela pede para participar novamente, quando não ter problemas ao perder, demonstra boa autoestima e sempre quer praticar para melhorar.

Para encorajar uma relação saudável da criança com a competição, é importante dar suporte a ela durante seus desafios e sempre reforçar a mensagem de que está tudo bem perder, já que o mais importante é o pequeno se desenvolver e aprender com essas experiências.

livros personalizados de futebol

Esporte, aprendizagem e leitura!

Se a sua pequena ou o seu pequeno é apaixonado por futebol, com certeza ele já se imaginou participando de um jogo importante do time do coração, interagindo com seus craques preferidos ou marcando um gol decisivo.

A coleção Meu Pequeno Torcedor está tornando esse sonho possível para milhares de crianças brasileiras: agora, elas podem participar da história junto com seus times em livros personalizados.

Os livros, além de proporcionarem momentos inesquecíveis para as famílias unidas pelo futebol, reforçam valores importantes no esporte como o respeito, a perseverança e a coragem. A história de cada time é única, e o seu pequeno pode estar nela!

Experimente criar o livro para o seu pequeno torcedor no nosso site e viva essa emoção!

6 Responda para “6 coisas que as crianças aprendem com o futebol”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *