30 curiosidades sobre o Fenômenos Naturais | Série Descobertas Científicas

4 min. leitura

Curiosidades sobre fenômenos naturais
Ouça o post
Voiced by Amazon Polly

Nesse post da série Descobertas Científicas, descubra fatos surpreendentes e curiosidades sobre fenômenos naturais e  clima na Terra!

Qual foi o terremoto mais forte da história? Qual a diferença entre furacão e tufão? Como a ação humana impacta o clima e o meio ambiente? Neste post da série “Descobertas Científicas”, você vai descobrir estes e outros fatos curiosos sobre fenômenos naturais e o clima na Terra. Compartilhe as descobertas com as crianças e estimule o interesse pela ciência desde cedo!

Por que estimular o interesse pela ciência?

A ciência está tão presente no cotidiano que muitas vezes nem percebemos. Por exemplo, quando observamos o céu, quando notamos as mudanças das estações, quando nos alimentamos e ou tomamos um remédio. A ciência faz parte de nós mesmos, assim como do mundo à nossa volta, e dessa forma nos conecta com ele. 

Por isso é tão importante estimular o interesse das crianças pela ciência. Praticar o método científico estimula a curiosidade, o raciocínio e a capacidade crítica. O hábito de buscar conhecimento, independentemente do tema, deve surgir bem cedo e se manter presente na vida adulta. Isso acontece quando, ainda crianças, somos estimulados a reconhecer que a ciência vai muito além dos livros didáticos: ela está em tudo e afeta diretamente as nossas vidas.

Descubra curiosidades sobre fenômenos naturais e climáticos da Terra

Aprender sobre os fenômenos da natureza, além de essencial para se manter seguro e compreender os impactos ambientais das ações humanas, também pode ser muito divertido!

Livro com curiosidades sobre fenômenos naturais e clima
Livro personalizado: Desafio do Clima


No livro personalizado Desafio do Clima”, criado em parceria pela Dentro da História e a Discovery Kids, as crianças viram protagonistas de um grande desafio científico e viajam pela Terra à procura da resposta para ele. Na história, indicada para leitores de 6 a 12 anos, o protagonista descobre como os fenômenos naturais impactam a vida no planeta, aprendendo ciências de forma estimulante e divertida.

Logo a seguir, você pode conferir mais curiosidades sobre fenômenos naturais e climáticos, para compartilhar com os pequenos cientistas que tem em casa e aprenderem ainda mais juntos!

Confira:

  1. Existem aproximadamente 1.500 vulcões ativos em todo o planeta Terra.
  2. O maior vulcão do mundo em terras emersas é o Mauna Loa, com 4.169 metros de altura e 90 km de largura, localizado no Havaí.
  3. Os países que possuem maior número de vulcões ativos são Chile, Japão, Indonésia, Estados Unidos (incluindo o Havaí) e Rússia. Esses países estão no Círculo de Fogo do Pacífico, área em que ocorrem mais atividades sísmicas e de vulcanismo.
  4. O maior terremoto do mundo já registrado ocorreu em 22 de maio de 1960 perto de Valdívia, no sul do Chile. Foi atribuído uma magnitude de 9,5 pelo Serviço Geológico dos Estados Unidos, que o considera o “maior terremoto do século XX”.
  5. Geralmente, antes e depois de um grande terremoto, há terremotos menores. Os que acontecem antes são chamados de choques. Os que acontecem depois são chamados de tremores secundários. Os cientistas não sabem realmente se um terremoto é um abalo prévio até que o terremoto maior ocorra.
  6. O movimento das placas tectônicas formou grandes cadeias de montanhas como o Himalaia e os Andes.
  7. A primeira onda de um tsunami geralmente não é a mais forte, as ondas sucessivas ficam maiores e mais fortes.
  8. Os tsunamis podem chegar a velocidades de cerca de 805 quilômetros por hora, quase tão rápido quanto um avião a jato.
  9. Em 2004, o tsunami do Oceano Índico foi causado por um terremoto com a energia de 23.000 bombas atômicas.
  10. Os furacões são tempestades tropicais gigantescas que produzem chuvas intensas e ventos superfortes, e se formam sobre as águas quentes do oceano perto do equador.
  11. Os furacões também são chamados de ciclones e tufões, dependendo de onde ocorrem. No Oceano Atlântico e no Noroeste do Pacífico são furacões, no Noroeste do Pacífico são tufões e no Pacífico Sul e Índico são ciclones.
  12. O maior furacão já registrado é o Tip, que ocorreu em 1979 no noroeste do Pacífico. Com um diâmetro de cerca de 2.220 km, tinha quase metade do tamanho dos Estados Unidos!
  13. As inundações são o desastre natural mais comum depois dos incêndios florestais. Mais de 90% de todos os desastres naturais dos Estados Unidos envolvem algum tipo de inundação.
  14. Um carro pode ser levado por uma inundação com apenas 60 centímetros de profundidade.
  15. As inundações repentinas em áreas de risco podem trazer volumes de água de 3 a 6 metros de altura em poucos minutos.
  16. As condições climáticas podem contribuir diretamente para a ocorrência de incêndios florestais por meio de relâmpagos, ou indiretamente, por um período prolongado de seca.
  17. Relâmpagos atingem a Terra mais de 100.000 vezes por dia. De 10 a 20% desses relâmpagos podem causar incêndios.
  18. Um grande incêndio florestal é capaz de modificar as condições climáticas locais (também conhecido como produzir seu próprio clima).
  19. Sem os gases de efeito estufa, a temperatura média na Terra seria próxima de -18°C, muito fria para propiciar grande parte da vida presente atualmente.
  20. A maior parte do aumento das temperaturas globais desde 1950 foi causada pela atividade humana.
  21. Em 1910, o Parque Nacional em Montana, nos Estados Unidos, tinha  aproximadamente 150 geleiras. Quando as geleiras foram recontadas em 2017, esse número caiu para 26.
  22. O nível médio do mar deve subir entre 0,5 e 1,5 metros antes do final deste século. Isso terá um impacto em muitos países, especialmente em áreas baixas com grande risco de inundações.
  23. Árvores são conhecidas como ‘sumidouros de carbono’ porque armazenam dióxido de carbono à medida que crescem. Quando os humanos derrubam as florestas tropicais ou elas são destruídas por incêndios florestais, grandes quantidades de dióxido de carbono são liberadas na atmosfera.
  24. Compostagem e reciclagem são uma ótima maneira de ajudar o meio ambiente, mas também reduzem gases de efeito estufa, porque mantém o lixo extra fora dos aterros, que podem produzir metano.
  25. As ondas de calor causadas pelo aquecimento global apresentam maior risco de doenças relacionadas ao calor e até a morte, mais freqüentemente entre pessoas com diabetes, idosas ou bebês.
  26. O aquecimento global coloca os recifes de corais em perigo à medida que o oceano se aquece. 
  27. As últimas duas décadas foram as mais quentes dos últimos 400 anos, de acordo com estudos climáticos.
  28. O gelo do Ártico está derretendo rapidamente. Em 2040, espera-se que a região tenha um verão completamente sem gelo.
  29. Mais de 1 milhão de espécies foram extintas devido ao desaparecimento de habitats, ecossistemas, e mudanças nas condições dos oceanos, todos causados pelo aquecimento global.
  30. Os cientistas concordam que o aumento das temperaturas da Terra está alimentando ondas de calor mais longas e quentes, secas mais frequentes, chuvas mais fortes e furacões mais poderosos.

Gostou de conhecer essas curiosidades sobre os fenômenos naturais? Confira o livro personalizado e garanta ainda mais aprendizado para a nova geração de futuros cientistas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *