Casal com filho também é casal. Como cuidar desse relacionamento?

3 min. leitura

casal na cama com filho bebê
Ouça o post
Voiced by Amazon Polly

O nascimento de um filho anuncia uma transição na vida dos casais e tem efeitos importantes em seu relacionamento. A rotina muda, assim como as principais preocupações e prioridades dos dois. Enfrentar essa mudança é um desafio para o casal com filho, e para manter um bom relacionamento é essencial se atentar a alguns fatores no dia a dia.

Um estudo realizado no Reino Unido mostrou que as principais dificuldades dos casais após o nascimento dos filhos estão relacionadas à perda de intimidade e à comunicação. Os casais entrevistados relataram principalmente a redução do tempo gasto com o parceiro ou parceira, assim como a falta de comunicação entre os dois porque os principais assuntos eram relacionados aos filhos.

Por outro lado, o estudo revelou que mesmo relatando maior nível de cansaço, os casais com filhos demonstraram maior solidariedade no relacionamento.

Como um casal com filho pode melhorar seu relacionamento?

Para lidar com as mudanças e a nova dinâmica da relação, selecionamos dicas de atitudes e cuidados que os casais podem tomar. São pequenas coisas que ajudam a evitar dificuldades no seu relacionamento, que pode ganhar muito com a chegada de um membro tão especial da família!

Compartilhar responsabilidades e dividir tarefas

Quando tarefas relacionadas à criação dos filhos sobrecarregam um membro do casal, as chances de infelicidade e frustrações aumentam. Normalmente a mãe é a pessoa mais sobrecarregada, por isso é importante que os dois assumam tarefas com autonomia: dar banho, preparar café da manhã, limpar a casa, fazer compras, levar para a escola… O dia a dia é o que conta!

Compartilhar as responsabilidades torna o cotidiano menos estressante, fortalecendo o relacionamento e a cumplicidade entre o casal. Assim, um sabe que sempre pode confiar e contar com o outro.

Tempo para si

Quando um casal ainda não tem filhos, é mais fácil dividir o tempo entre o tempo para cuidar de si mesmo, fazer o que gosta, ser independente, e o tempo para ficar junto. Com a chegada do novo membro da família, o tempo acaba sendo dedicado principalmente para os cuidados com a criança.

Com a divisão de tarefas, entretanto, fica mais fácil garantir que cada parceiro tenha pelo menos um tempinho no dia para descansar, ler um livro, fazer exercício ou cuidar da saúde. Continuar fazendo coisas que os fazem felizes é importante para nutrir a felicidade do casal e da família.

Cuidado com as pressões externas

Quando o casal forma um novo núcleo familiar, no início pode ser difícil se desligar de influências da família de cada um, principalmente com famosos “pitacos” na criação do filho. Por mais queridos e prestativos que sejam os parentes, é um desafio equilibrar o tempo da presença deles na casa e a sua influência nas decisões relacionadas à criança.

Um cuidado importante que o casal precisa tomar é conversar abertamente sobre isso, perguntar como o parceiro se sente e priorizar as decisões que tomarem juntos.

Leia também: 10 coisas que toda grávida precisa saber

Diálogo é tudo

O diálogo é importante para o casal conseguir manter a intimidade e não se afastar com as dificuldades do cotidiano. Entender o que o outro sente e como ele está enfrentando as mudanças ajuda a preservar o respeito, a compreensão e a paciência entre os dois. Assim ambos entendem que estão passando por uma fase de adaptação e novas experiências, que servirão para uma aproximação ainda maior e para trazer mais cumplicidade ao casal.

Tempo para ser casal

Colocar os filhos cedo na cama e contar com a ajuda de parentes ou  amigos para cuidar das crianças por algumas horas são formas de garantir que o casal tenha um pouco de tempo para ficar junto, mesmo com a nova rotina. Manter programas que faziam antes do nascimento do filho, namorar e passear a dois continua importante, mesmo que isso aconteça com uma frequência bem menor.

Nem sempre é fácil, mas o casal não precisa se sentir culpado por querer fazer algo sem os filhos. Experimentem fazer isso em datas especiais como o dia dos namorados ou o aniversário de casamento, e assim começar a recriar o hábito!

Receba dicas e novidades por email:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *