10 anos de Mundo Bita: conheça a trajetória do personagem

Confira a história desenho pernambucano e saiba como o Mundo Bita conquistou adultos e crianças no Brasil e no mundo.
Fundador do Mundo Bita Chaps Melo e sua filha Bebel
Ouça o post

A animação brasileira do apresentador de circo com bigode laranja e sua turma faz sucesso com as crianças e até mesmo com os adultos, que adoram as músicas, os desenhos animados e os livros do Mundo Bita. Afinal, quem não conhece os versos da famosa canção “Fazendinha”?

As aventuras do personagem, que conquistou o Brasil e já foi lançado em espanhol e português europeu, surgiram enquanto Chaps Melo criava a decoração do quartinho de sua primeira filha, a Bebel. No vídeo a seguir ele conta mais detalhes de como tudo começou:

Mundo Bita comemora 10 anos

Quando finalizou a decoração do quarto da filha, Chaps mostrou os personagens que havia criado para os amigos João Henrique Souza, Enio Porto e Felipe Almeida. Em 2011, eles se uniram para formar a Mr. Plot Produções e lançar as divertidas aventuras do bigodudo e seus amigos.

Exatamente 10 anos depois, o canal do Mundo Bita no YouTube ultrapassa os 8 milhões de inscritos e os desenhos da turma, disponíveis na Netflix e no Discovery Kids. 

Além das telinhas, o Mundo Bita também ganhou as páginas das histórias nos livros personalizados lançados em parceria com a Dentro da História. Na coleção, que conta com quatro livros, a criança vira personagem e embarca em divertidas aventuras ao lado do Bita e seus amigos, Dan, Lila e Tito.

Veja também: Personagens do Mundo Bita: conheça os nomes e características

Entrevista com os fundadores do Mundo Bita

Por trás de tanto sucesso e histórias para contar, os sócios e amigos se preocupam com o desenvolvimento e educação das crianças. Confira na entrevista abaixo o que os fundadores aprenderam nesses 10 anos de estrada e como planejam os próximos passos do Mundo Bita!

Dentro da História: Este ano o Mundo Bita completa 10 anos! Como tudo começou?

Chaps Melo: Quando criamos a Mr. Plot com a ideia de produzir conteúdo infantil, mostrei aos sócios os desenhos que fiz para o quarto da minha primeira filha, a Bebel, um ano antes. Todo mundo curtiu aquele personagem de bigodão laranja e cartola. Então demos a ele o nome Bita e começamos a criar histórias sobre o circo mágico para livrinhos digitais. Esse foi o início de tudo. Um ano depois, em 2012, resolvemos criar também clipes musicais e vimos que, através da linguagem audiovisual, poderíamos ampliar o contato com o público e dar sustentação ao projeto.

DDH: Quais as principais lições aprendidas nesse período?

Felipe Almeida: Entendemos que o mais importante não era a plataforma ou a tecnologia e sim a história, o carisma dos personagens, a identificação com as famílias e os assuntos abordados. Essa é a essência. Tanto que podemos ver o Mundo Bita hoje em músicas, livros, espaços de interatividade ao vivo, palcos de teatro, produtos, em uma série de formatos. Se a construção conceitual for bem executada e verdadeira, não existem limites.

DDH: Assim como vocês, a Dentro da História acredita na identificação das crianças com as histórias e a pluralidade na infância. Como vocês veem o impacto do Mundo Bita no universo infantil?

João Henrique: Trazer as crianças para dentro da história é uma jornada mágica! A conversão da pessoa em personagem estimula a imaginação, a criatividade, as subjetividades, que são tão importantes para formarmos seres empáticos e comprometidos com o universo ao seu redor. Então essa é uma missão belíssima. E conseguir tratar de assuntos importantes com leveza e poesia é o que buscamos o tempo inteiro no Mundo Bita. Feita essa conexão, os impactos são imediatos, porque o entendimento da criança sobre os temas é enorme e elas levam as experiências consigo para sempre.

DDH: De que forma vocês viram o papel dos personagens do Mundo Bita na vida dos pequenos e pequenas e das famílias durante a pandemia e esse período de isolamento social?

Enio Porto: Nesses 10 anos, construímos uma relação de muita cumplicidade e carinho com crianças e famílias. E a cada dia que aumentamos a audiência e a capacidade de contato com mais pessoas, a relação se torna de maior responsabilidade. Por isso, desde o primeiro momento de pandemia precisamos nos posicionar, falar sobre a importância do uso da máscara, do distanciamento, da higiene, das brincadeiras dentro de casa e da leitura compartilhada. Lançamos cartilhas digitais gratuitas que traziam esses assuntos de forma lúdica e didática. Contribuições como essa fazem parte da nossa missão.

DDH: Já houve alguma situação marcante em que os personagens do Mundo Bita ajudaram as crianças a enfrentar uma dificuldade ou desafio e a aprender com a situação?

Chaps Melo: Eu digo sempre para a equipe da Mr. Plot que quando alguém estiver triste, é indicado olhar os comentários em nossas redes sociais. Tem muito carinho e reconhecimento pelo trabalho que fazemos. E dentro desse universo, também recebemos e-mails e mensagens contando histórias de superação que nos emocionam. Um garoto com problemas motores que caminhou pela primeira vez na fisioterapia ao som do Mundo Bita, uma garotinha que esteve internada no hospital e encontrava forças assistindo aos vídeos, são muitas situações que preenchem a nossa existência de sentido.

DDH: Como foi ver o maior sucesso do Mundo Bita, a “Fazendinha”, no formato de livro personalizado para crianças?

Chaps Melo: Temos um carinho enorme por “Fazendinha”. Foi o nosso terceiro clipe lançado e até hoje faz parte do bom dia de muitas famílias. Ver a turminha do Mundo Bita junto da criançada de casa elaborando descobertas em um passeio pela fazendinha é demais! É um novo conteúdo que soma muito à nossa história.

DDH: O que os filhos e filhas de vocês acharam dos livros personalizados do Mundo Bita?

João Henrique: Minha filha e meu filho não deixam passar um! Todo lançamento eles pedem para participar e já receberam os seus exemplares da Fazendinha. Ambos escolheram estar no livro de macacão, como boas crianças do campo.

DDH: Como vocês enxergam a marca e seus conteúdos nos próximos anos?

Enio Porto: Lá no início, há 10 anos, definimos que a nossa produção seria contínua. E, com o tempo, vimos que tinha sido uma decisão acertada, porque são os lançamentos que deixam o conteúdo permanentemente vivo e dinâmico. Então a ideia é manter a pegada, trazendo sempre novidades para o público nos mais diversos formatos. O livro de colorir com atividades que a Dentro da História está desenvolvendo junto com o Mundo Bita é uma dessas inovações que acrescentam, fortalecem a marca e a conexão com o público.

Livro para colorir do Mundo Bita

Para levar alegria e aprendizado para as crianças, o Mundo Bita e a Dentro da História estão sempre criando novidades em parceria. Desta vez, as crianças vão poder fazer parte de um livro de colorir com o amigão de bigode! 

No livro Pintando os animais com o Mundo Bita a criança vai se divertir com o simpático apresentador de bigode laranja e seus amigos em uma aventura que começa na fazendinha e termina no fundo do mar. Além disso, os pequenos e pequenas também vão poder aprender com as atividades e poderão soltar a criatividade para colorir os desenhos do jeito que quiserem!

Clique aqui para personalizar o livro com 10% de desconto!

Total
9
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts