+30 Trava-línguas divertidos para fazer com as crianças

Trava-línguas divertidos para crianças

Os trava-línguas são jogos de palavras muito divertidos de recitar com as crianças. Você sabia que eles também ajudam no desenvolvimento da fala?

Tentar recitar um trava-línguas o mais rápido possível sem errar é um grande desafio. Tente dizer: “Três pratos de trigo para três tigres tristes”. Ou repetir três vezes: “Chão sujo, casa suja”. Com certeza, sua língua vai tropeçar em algum momento, mas você não vai deixar de rir de si mesmo.

Os trava-línguas não são apenas um jogo de diversão linguística, mas têm um propósito prático para o desenvolvimento da fala e da linguagem no geral. Sua recitação regular estimula o controle dos músculos envolvidos na fala, garantindo uma pronúncia mais clara das palavras com sílabas difíceis, além de expandir o vocabulário da criança.

A seguir, saiba mais sobre o benefícios dos trava-línguas para as crianças e veja alguns dos exemplos mais divertidos para praticar!

Desenvolvendo a linguagem com trava-línguas

De acordo com o dicionário Houaiss, um trava-língua é uma espécie de “jogo verbal que consiste em dizer, com clareza e rapidez, versos ou frases com grande concentração de sílabas difíceis de pronunciar, ou de sílabas formadas com os mesmos sons, mas em ordem diferente”. 

Os trava-línguas geralmente dependem da aliteração, que é a repetição de um som começando com uma letra semelhante. Assim, formam-se frases que, ditas de forma rápida, nos levam a enrolar a língua e errar a pronúncia das palavras (daí a diversão).

Por exercitar os músculos envolvidos na fala, esses jogos verbais ajudam a melhorar a dicção, ou seja, a maneira de articular ou pronunciar as palavras. É por isso que muitos atores e cantores recitam trava-línguas como “aquecimento” antes de se apresentar.

Os fonoaudiólogos também usam trava-línguas para melhorar os sons consonantais e vocálicos das crianças. Trava-línguas estimulam que os pacientes articulem as sílabas e não misturem os sons. Da mesma forma, se a criança tiver dificuldade com os sons ‘p’ e ‘b’, o terapeuta fará com que pratique trava-línguas com foco nesses sons.

Como os trava-línguas desafiam nossa capacidade de enunciar os sons individuais em cada palavra, eles nos forçam a prestar muita atenção aos sons precisos de cada palavra. Dominar os sons individuais nas palavras é uma habilidade importante para o sucesso da leitura, por isso, os trava-línguas também podem ajudar no processo de alfabetização

Dicas para desenvolver a fala com trava-línguas:

  1. Fale para a criança começar a recitar os trava-línguas em um ritmo lento, até que seja capaz de recitar todas as frases claramente.
  2. O próximo passo é saber o trava-língua de cor, o que estimula também a memória.
  3. A criança deve repetir o trava-língua o mais rápido possível, até que esteja dominado e possa ser recitado três vezes seguidas sem errar.
  4. Quando a criança dominar um trava-língua, recomece com outro.
  5. Por último, uma dica de leitura:
Livro personalizado com Trava-Línguas divertidos

O livro infantil personalizado “A Fuga do Mafagafo” é uma forma lúdica e divertida de apresentar trava-línguas para as crianças. Na história, a criança é o personagem principal que vai à procura do mafagafo que desapareceu misteriosamente. Durante a aventura, conhecerá trava-línguas tradicionais, que ampliam seu repertório linguístico estimulando a dicção e o desenvolvimento da fala. Clique aqui para conhecer a história completa!

Trava-línguas divertidos para praticar com as crianças:

A partir dos 2 anos de idade, é possível estimular as crianças a recitarem trava-línguas mais simples. Nessa fase, criança está no processo de aquisição de fonemas e, por isso, é normal que muitas sílabas não sejam pronunciadas corretamente. Em geral, ainda estão começando a pronunciar o som da letra “l”, como em “lobo”. 

Sons como o de “lh” em “telhado”, o de “r” em “amarelo”, assim como encontros consonantais como “tr”, “br”, “fr”, “cr”, “gr”, “bl” e “pl” demoram ainda mais a ser adquiridos, até por volta dos 5 anos de idade. Mas os trava-línguas, assim como poemas ricos em aliterações, podem ajudar nesse processo de desenvolvimento da fala.

Veja a seguir alguns dos trava-línguas preferidos dos pequenos:

Nível Fácil 

  1. O rato roeu a roupa do rei de Roma.
  2. Sabia que o sabiá sabia assobiar?
  3. O tempo perguntou pro tempo quanto tempo o tempo tem.
  4. Atrás da porta torta tem uma porca.
  5. O seu Veiga come aveia e pão com manteiga.
  6. O brinco da Bruna brilha.
  7. Larga a tia, lagartixa. Lagartixa, larga a tia.
  8. O gato fugiu pro mato e pegou carrapato no ato.
  9. A batina do padre Pedro é preta.

Nível Médio

  1. Casa suja, chão sujo. Casa suja, chão sujo. Casa suja, chão sujo.
  2. Farofa feita com farinha fofa faz fofoca feia.
  3. Um prato de trigo para três tigres tristes. 
  4. A babá boba bebeu o leite do bebê.
  5. Chega de cheiro de cera suja.
  6. Pedro pregou um prego na porta preta.
  7. A rua de paralelepípedo é toda paralelepipedada.
  8. Alô, o tatu tá aí? – Não, o tatu não tá. Mas a mulher do tatu tando, é o mesmo que o tatu tá.
  9. O Juca ajuda: encaixa a caixa, agacha, engraxa;
  10. O Pedro pregou um prego na pedra;
  11.  Enquanto Bia brinca, Bianca briga
  12. O padre pouca capa tem, porque pouca capa compra;
  13. Embaixo da pia tem um pinto que pia, quanto mais a pia pinga mais o pinto pia!

Nível Difícil

  1. Um ninho de mafagafos tinha sete mafagafinhos. Quem desmafagar o ninho de mafagafos bom desmafagafador será.
  2. A aranha arranha a rã. A rã arranha a aranha. Nem a aranha arranha a rã. Nem a rã arranha a aranha.
  3. Se percebeste, percebeste. Se não percebeste, faz que percebeste para que eu perceba que tu percebeste. Percebeste?
  4. Olha o sapo dentro do saco. O saco com o sapo dentro. O sapo batendo papo e o papo soltando o vento.
  5. O doce perguntou pro doce qual é o doce mais doce que o doce de batata-doce. O doce respondeu pro doce que o doce mais doce que o doce de batata-doce é o doce de doce de batata-doce.
  6. Quem a paca cara compra, caro a paca pagará.
  7. O caju do Juca, e a jaca do cajá. O jacá da Juju, e o caju do Cacá.
  8. Se vaivém fosse e viesse, vaivém ia, mas como vaivém vai e não vem, vaivém não vai.
  9. Tecelão tece o tecido em sete sedas de Sião. Tem sido a seda tecida na sorte do tecelão.
  10. Tique-taque, tique-taque, tique-taque. Depois que um tique toca é que se toca um taque.
Total
7
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts